Tesouro vende R$ 178,9 milhões em ações do BB para fazer caixa
Publicado em 10/10/2014

O Tesouro Nacional vendeu 5,24 milhões de ações do Banco do Brasil, pelo valor total de cerca de R$ 178,9 milhões, entre 29 de agosto e 10 de setembro, para fazer caixa e ajudar o governo a cumprir a meta de superávit primário. As operações não tiveram relação com o Fundo Soberano do Brasil (FSB).

As vendas ocorreram no momento em que as ações do BB tocavam o maior patamar do ano. "Não houve movimentação de ações do Fundo Soberano no período", disse o Tesouro por meio da assessoria. O Tesouro não informou o motivo da venda.

 

  De acordo com informações apresentadas à Comissão de Valores Mobiliários nesta quinta-feira (9), com a venda, a participação do Tesouro, acionista controlador do banco, recuou para 57,9% do capital do BB, ante 58,1%. Os negócios foram fechados por valores que variaram entre R$ 31,67 a R$ 37,10 por ação.

O governo federal anunciou, em 22 de setembro, que irá sacar R$ 3,5 bilhões do Fundo Soberano do Brasil (FSB) para ajudar a fechar as contas públicas. O dinheiro será levantado por meio da venda de ações do BB no fundo.

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Paulo Rogério Caffarelli, disse no início do mês que a venda das ações não comprometeria o valor do papel.

As ações do BB fecharam nesta quinta-feira com a maior alta percentual do Ibovespa, com ganho de 3,8%, a R$ 31,60, depois de terem subido 5,5 % na máxima do dia.

Voltar para Notícias