Ranking mundial mantém Unicamp como 15ª melhor universidade 'jovem'
Publicado em 26/09/2014

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) segue como a 15ª universidade "jovem" do mundo, segundo a nova edição de ranking divulgado na tarde desta terça-feira (23) pelo Instituto QS Quacquareill Simons. . A Unicamp é a única universidade brasileira a figurar no ranking.

A lista inclui as 50 melhores instituições fundadas há menos de 50 anos. A Unicamp foi fundada em 1966. O ranking atual considera 863 instituições fundadas a partir de 1965. A Universidade de São Paulo (USP), foi fundada em 1934 e, portanto, não aparece neste ranking.
 

Em 2012, ela foi a 22ª colocada. Em 2013, ela subiu para a 17ª colocação. Na última edição do ranking, divulgada em janeiro deste ano, a Unicamp apareceu em 15º lugar. Agora, na edição 2014/2015, a universidade paulista repete a colocação.

Cingapura em primeiro
A Universidade Tecnológica Nanyang, de Cingapura, subiu da segunda para a primeira colocação. A Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong perdeu a liderança e agora aparece em segundo lugar. O Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia do Sul está em terceiro. A Universidade de Ciência e Tecnologia Pohang (Postech), também sul-coreana, passou do quinto para o quarto lugar.

Veja as 10 melhores:
1º) Universidade Tecnológica de Nanyang (Cingapura), fundada em 1991
2º) Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong (Coreia do Sul), 1991 
3º) Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia do Sul, 1971 
4º) Universidade de Ciência e Tecnologia de Pohang (Coreia do Sul), 1986 
5º) Universidade da Cidade de Hong Kong (Hong Kong), 1984 
6º) Universidade de Maastricht (Holanda),1976 
7º) Universidade da Califórnia, Irvine (EUA), 1965
8º) Universidade Politécnica de Hong Kong (Hong Kong), 1994
9º) Universidade de Calgary (Canadá), 1966
10º) Universitat Autónoma de Barcelona (Espanha), 1968
15º) Universidade Estadual de Campinas - Unicamp (Brasil), 1966

No ranking mundial da QS, a Unicamp aparece em 203º lugar. A universidade brasileira mais bem colocada no ranking mundial é a Universidade de São Paulo, em 132º lugar.

Sobre o ranking
Os rankings mundiais de universidades do QS são compostos de seis indicadores: a reputação acadêmica responde por 40% dos pontos; a reputação na visão dos empregados responde por 10%; a quantidade de alunos por professor, assim como o número de citações, valem 20% da nota; o número de alunos e de professores internacionais compõem, cada um, 5% da pontuação final.

Neste ano, segundo o QS, entrevistas com 63.676 acadêmicos e 28.759 empregadores foram usadas para a elaboração dos resultados.

Voltar para Notícias