Copa tem efeito negativo e comércio 'encolhe' 3,2% em junho, diz Serasa
Publicado em 03/07/2014

A atividade do comércio recuou 3,2% em junho frente ao mês anterior, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (3) pela Serasa. Na comparação com junho de 2013, houve leve alta, de 0,7% – bem abaixo da registrada em maio, de 5,2%.
 

Com o resultado de junho, o comércio acumulou, no ano, alta de 3,6% no semestre, frente ao mesmo período do ano passado.

A piora nos dados de junho, segundo a entidade, foi resultado dos feriados decretados em algumas cidades do país por conta da Copa do Mundo, e da redução do expediente do comércio nos dias de jogos, que reduziram o volume de negócios na maioria dos segmentos.
 

“Outros fatores que provocaram a diminuição do número de consumidores nas lojas foram: a elevação das taxas de juros; a menor geração de empregos no mercado de trabalho; o baixo índice de confiança dos consumidores e as incertezas com relação à economia”, diz a Serasa em nota.

Entre os setores, a maior queda na passagem de maio para junho foi registrada em material de construção, de 13,1%, seguida por combustíveis e lubrificantes (-12,3%); veículos, motos e peças (-6,4%); supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (-4,2%) e móveis, eletroeletrônicos e informática (-3,0%). Apenas o segmento de tecidos, vestuário, calçados e acessórios não teve piora, ficando estável frente a maio.

Voltar para Notícias