Prévia da inflação em 12 meses tem maior taxa desde maio de 2005
Publicado em 20/03/2015

Do G1, em São Paulo
 

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação oficial, ficou em 1,24% em março, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (20) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O índice ficou 0,09 ponto percentual menor que o de fevereiro, que foi de 1,33%. No acumulado dos últimos 12 meses, o índice foi para 7,9%, o maior desde maio de 2005 (8,19%). Em março de 2014, o IPCA-15 havia sido 0,73%. No ano, a taxa é de 3,5%.

Luz, gasolina e comida puxam alta
O índice deste mês foi puxado pelo aumento nas contas da energia elétrica, nos preços dos combustíveis e dos alimentos que, juntos, foram responsáveis por 77,42% do índice do mês, sobre o qual exerceram impacto de 0,96 ponto percentual, segundo o IBGE. Com a elevação de 10,91% na energia elétrica, o grupo habitação (2,78%) ficou com o maior resultado no mês de março.

O maior impacto individual, no entanto, veio da conta de luz, que subiu 10,91%. Em Curitiba, a alta desse item chegou a 14,89%. A forte elevação é decorrente dos reajustes que passaram a vigorar a partir do dia 2 de março, segundo o IBGE.

Voltar para Notícias