Preços de remédios para ansiedade podem variar até 680%, diz Anvisa
Publicado em 06/02/2014

O custo do tratamento mensal de transtornos de ansiedade pode variar até 680%. O dado foi apontado em relatório produzido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A agência analisou os valores de 14 ansiolíticos com sete princípios ativos disponíveis no mercado brasileiro.

A maior diferença de preços foi encontrada entre o Relapax (diazepan) que custa R$ 8,88 e o Frontal (alprazolam) por R$ 69,24.
 

O boletim apurou o custo de tratamento mensal de todos os medicamentos, separando-se os mais caros e mais baratos, por substância. Na comparação entre produtos com o mesmo princípio ativo, a menor variação de preços foi dos produtos com clobazam, que variou 20%; e a maior foi dos medicamentos com alprazolam, que variou 348%.

A variação de até 680% no custo de tratamento mensal é constatada, considerando que não existem evidência que comprovem superioridade comparando todos os ansiolíticos.

Os principais transtornos de ansiedade são o transtorno de pânico, de ansiedade social, de ansiedade generalizada (TAG) e o transtorno obsessivo compulsivo (TOC).

Voltar para Notícias