Só 12% das escolas têm computador instalado na sala de aula, diz estudo
Publicado em 24/05/2013

Uma pesquisa do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) divulgada nesta quinta-feira (23) mostra que a grande maioria das escolas brasileiras já possui computador, mas apenas 12% delas instalou o equipamento dentro das salas de aulas. De acordo com a terceira edição da pesquisa TIC Educação 2012, 823 das 856 escolas incluídas na amostra do estudo, realizado entre setembro e dezembro do ano passado, possuem pelo menos um computador. Mas a sala de aula é onde menos se encontra um deles.

O local da escola onde é mais comum encontrar um computador é a sala da diretoria: 86% delas já estão equipadas. Depois, vem o laboratório de informática. Segundo a pesquisa, 82% deles possuem computadores. Em 65% das salas de professores é possível encontrar uma dessas máquinas, e as bibliotecas ou salas de estudos dessas 823 escolas também têm pelo menos um computador em 47% dos casos.

Em 41% das escolas existem computadores em outros locais, segundo os dados.

 

Entre as 102 escolas com computador instalado na sala de aula, quem faz uso principal da máquina é o professor (98%). A porcentagem de alunos que acessam o equipamento é de 72%.

Já no laboratório de informática, 93% dos alunos e 91% dos professores usam a máquina diretamente.

A biblioteca ou sala de estudos é o local onde o computador é usado com menos frequência: quem faz mais uso dele são os alunos (75%), professores (74%) e funcionários (63%).

A pesquisa apontou ainda que segue crescendo o número de professores que levam seu próprio notebook para a escola. Em 2012, 53% dos docentes deslocaram seu equipamento de uso pessoal para a sala de aula. Em 2011, essa porcentagem foi de 50% e, no ano anterior, foi de 47%. No total, 1.159 professores afirmaram que possuíam um computador portátil em casa.

Outros 140 professores disseram que já têm um tablet de uso pessoal. Neste caso, 34% deles leva o aparelho à escola. No caso dos professores de escola particular, essa porcentagem aumenta para 46%. Entre os docentes da rede pública, 28% usam o equipamento na escola.

Acesso à internet móvel e em casa
De acordo com os dados divulgados pelo CGI.br, 67% dos estudantes participantes da pesquisa têm computador em casa e 60% deles possuem acesso à internet. Na divisão de alunos da rede pública e da privada, porém, a diferença é grande.

Enquanto apenas 62% dos alunos de escolas públicas possuem um computador em casa, e 54% têm acesso à internet, no caso dos estudantes matriculados em colégios particulares essas porcentagens são de 94% e 91%, respectivamente.

A pesquisa também revelou que, pela primeira vez, a maior parte dos alunos afirmou ter aprendido sozinho a usar o computador e a internet. De acordo com os dados, 48% deles disseram que começaram a navegar sem o auxílio de outras pessoas.

Entre os 3.376 alunos que usam o celular para acessar a internet, 35% dos que são de escolas públicas acessam a internet pelo celular na escola, mas quase todos eles (92%) também usam o aparelho para navegar na web em outros locais.

No caso dos estudantes da rede particular, a porcentagem dos que acessam a internet pelo celular dentro do colégio é maior: 52% deles fazem esse uso de seus telefones enquanto estão na escola, e 92% repetem a atividade fora dela.

O principal uso da internet citado pelos alunos é a pesquisa escolar (86%), seguido dos trabalhos escolares sobre um tema (76%), da lição de casa (63%) e dos jogos educativos (55%).

De: G1




 

 

Voltar para Notícias